Review #40 – One Piece Yellow

wp-1458139810091.jpg

Quarta-feira chegou e com ela a review de mais uma obra.

Hoje vamos falar de One Piece Yellow, o terceiro databook da série dos piratas a ser lançado no Brasil. Essa edição especial vai até o o final da saga de Enies Lobby, além de também mostrar Skypiea que não tinha entrado na edição anterior.

Antes de mais nada, vem sempre aquela pergunta: Porque comprar um databook? Honestamente, não tem motivo nenhum, pois ele não tem novidade nenhuma. É um guia resumindo tudo que ocorreu na história.

Ele é dividido em três partes importantes:

Na primeira temos uma ficha de cada um dos personagens principais, com informações como nome, história, poderes e curiosidades “bobinhas”. Cada tripulante com em média de 8 páginas. Não é nada diferente do que já tinha em Red e Blue, o que muda é que agora tem mais 3 membros: Robin, Franky e o Going Merry, além das atualizações do que rolou em Skypiea e Enies Lobby.

Depois temos um arquivo de personagens e grupos que surgiram em até o momento na história. É um guia bem bacana, mostra desde membros do Governo Mundial, passando pela Marinha e toda sua hierarquia, até cidadãos de reinos que apareceram, como Alabasta e Skypiea. Explica um pouco mais bandos piratas como do Barba Negra e do Ruivo, além de grupos “do bem” como os membros da Galley-La.ONE_PIECE_YELLOW_1450371918542186SK1450371918B

Por fim, temos a Enciclopédia, e devo admitir que esse é o ponto que mais me conquistou em Yellow. É uma lista bem completa (ao menos até o fim de EL) com tudo que rolou em One Piece. Desde nomes de ilhas faladas por algum personagem até as Akuma-no-Mi que surgiram. Realmente tudo, cada item ou termo utilizado na história é bem explicado e catalogado aqui.

Além dessas 3 partes, temos ainda algumas histórinhas curtas rolando no meio do databook. Coisas bem “engraçadinhas”, muitas em formato SD e com piadas bobinhas.

Sobre o trabalho da Panini, ao menos a minha edição tem algo que me irrita muito em algumas obras: páginas desparelhas. Ok, não é nada que atrapalhe a leitura, mas realmente eu acho muito chato e feio olhar o volume fechado e ver quase uma cordilheira nas páginas, e são várias. Não sei se a colagem do meu volume é que ficou torta ou o que aconteceu, mas é feio e já vi vários títulos assim.

O papel é o brite, acho que numa gramatura um pouco maior que das outras séries, mas não tenho certeza. Eu preferia o papel que foi usado em Red, porém isso não significa que o de Yellow esteja ruim. O mangá tem orelhas e belas páginas coloridas no começo.

E agora vocês me questionam: vale a pena?

Eu gostei, de todas as séries que coleciono, One Piece e Kenshin são os únicos que eu compro extras desse tipo. Não me arrependo, acho bem divertido, porém eu sou fã das obras e curto saber mais sobre elas.

E essa é minha sugestão, só comprem se vocês realmente são fãs mesmo, se realmente querem saber/ter tudo sobre a série, caso contrário, acho que não é uma opção muito boa, ainda mais que custa R$ 17,90 (embora vale o preço).

Nota: 3,8 / 5

Pela lógica, os databooks estão seguindo a série mensal. O próximo databook é One Piece: Green, que conta os acontecimentos de Thriller Bark, Sabaody, Impel Down e Marineford, ou seja, até começo do volume 61.

Como atualmente o mangá está no 50, deveremos ver o próximo databook apenas na metade de 2017. Vai demorar um pouquinho então. 😛

Anúncios

8 comentários

  1. One Piece na coleção nunca é demais né não?

    OP, é o único que eu compro esses “extras”, porque na realidade não tem nada de mais. Concordo com você e acho que nós só teremos o Green no ano que vem, mas nós já estamos no volume 60 e não no 50. Teoricamente, o Green já seria publicável.
    A qualidade eu curti bastante e não percebi, pelo menos no meu, esse “desnível” nas páginas.

    Agora uma observação: Naruto Gold poderia ser Gold de verdade, se viesse como Vagabong, Planetes e Berserk. A Panini acertou em cheio nesse novo formato e Naruto merecia isso (que convenhamos está praticamente com o mesmo preço, então não seria tão impossível assim). Assim como OP, mas aí já é outra conversa.
    De qualquer forma, Panini de parabéns!

    • “Pela lógica, os databooks estão seguindo a série mensal.” Não leu meu post não? hahahahahaha

      Concordo com a questão de Gold, e eu realmente esperava algo naquele nível sabe. Acho que Gold foi meio tiro no pé infelizmente.

      Estava conversando com um amigo hoje e ele me disse isso de One Piece. Ele acha que em 2018 quando encostar as versões (vol. 70), a edição bimestral vai continuar, e a mensal vai ser relançada desde o 1. Achei uma ideia válida, ainda mais se for em uma qualidade foda. É aguardar e ver o que rola.

      • Huahuahuhaahua! -.-‘
        Eu li o post, mas mesmo assim, não percebi! Tive que ler denovo! kkkkkkk!

        Eu tenho a primeira edição de Naruto e confesso que fiquei balançado se pegava ou não a Gold, mas depois que vi o pessoal reclamando, acabei desistindo.

        Eu penso que, talvez a Panini faça isso pra pegar aqueles leitores mais novos, mas cara, eu não tenho coragem de “abandonar” uma coleção de 80 volumes pra pegar outra de 80, a menos que seja extremamente caprichada!

        Estamos evoluindo bastante no quesito qualidade, espero um dia ver Evangelion numa qualidade dessas.

      • Parte da “culpa” da Conrad ter falido, foi o material muito bom, pra um mercado nem tão bom assim. A Conrad pecou por excesso.
        Eva foi apenas um volume, mas tivemos outros com uma qualidade muito boa também (principalmente as capas).
        Zettai Kareshi, Uzumaki, CDZ Episódio G, Buda, Adolph, Gen de pés descalços, Gon, o próprio Vagabond.
        Isso sem contar todos os one-shots do Toriyama.

        Fez certo, sendo top ou não, no final, você terá uma coleção melhor que a minha, por exemplo.

        E Naruto virou caça níquel da Panini, além do Gaiden, pode esperar que vão anunciar o do Boruto tbm, daqui uns aninhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s