Comentando o Volume #68 – Knights of Sidonia vol. 02

KNIGHTS_OF_SIDONIA_A02_1462052899581880SK1462052899B

Seguindo nossa semana dos CoV’s, hoje teremos o terceiro post seguido da coluna, e com mais uma série que eu ainda estou decidindo se irei ou não fazer post em todos os volumes.

Chegamos ao segundo do volume de Sidonia e eu estou cada vez mais apaixonado por essa obra, sério, que mangá incrível.

Começando pela história, é meio complicado comentar esse volume, pois a trama não teve uma grande evolução, mas ao mesmo tempo teve mudanças importantes que mais para a frente vão impactar demais na história.

Aprendemos um pouco da história de Sidonia e sobre o motivo da humanidade ter abandonado a Terra, embora a origem dos Gaunas e o que eles são ainda continue sendo um mistério para todos nós.

INICIO DO SPOILER

Um dos pontos mais importantes desse volume é provavelmente a história da Hoshijiro, o autor cria um desenvolvimento incrível para a garota ao lado do Tanikaze. Ele desenvolve toda uma relação que beira o amor entre os dois pilotos e faz com que a gente também se apaixone e torça por ambos. Porém capítulos depois somos surpreendidos com a morte da Hoshijiro.

FIM DO SPOILER

Vocês devem estar pensando agora que é algo igual ao que comentei em Akame Ga Kill, mas dessa vez não, em Sidonia não temos uma morte ao estilo “Game of Thrones”. Essa morte foi muito mais importante para o futuro e evolução da história do que foi a de AgK.

Ela atinge o enredo principal de diversas formas, desde o preconceito que o Tanikaze vai sofrer agora por ser considerado por muitos como o grande responsável pelo desastre, como também na forma como o Kunato começará a agir agora, e principalmente, no futuro com as questões que vão envolver Gaunas (embora isso já seja assunto para os próximos CoV’s).

Eu gosto desse tipo de ferramenta para uma obra, quando é bem usada pode tornar a história muito interessante, e pelo que eu assisti na animação do Netflix, o desenvolvimento e as questões que essa morte vai levantar vão acabar abrindo um debate muito bacana e melhorar ainda mais a história.

Algumas coisas foram meio “desnecessárias” no volume, como a parte do xixi. Ok, tinha uma explicação e levou até outra, mas realmente foi meio bizarro. Aparentemente a história vai ter vários desses momentos, no mesmo volume temos a “briga pelo macho alfa” para ver quem vai entrar na capsula com ele.

A arte do Nihei continua me cativando. Alguns personagens ainda me parecem muito “modelo padrão” e eu me atrapalho para identifica-los (no anime era mais fácil com as vozes e cores). Porém as cenas de luta e de paisagens são incríveis, realmente de tirar o fôlego do leitor, ainda mais nas páginas duplas. A arte da capa e das páginas coloridas são lindas.

Não sei vocês, mas eu estou maravilhado com essa obra e muito feliz com a compra, a animação já é uma das minhas favoritas e agora o mangá também está se tornando. Amanhã vou ir na Jambô e comprarei o volume 3 para ler logo.

Anúncios

6 comentários

  1. Sério, ao meu ver KoS é tão exótico (tanto no roteiro quanto no traço) que acho que foi isso que me conquistou. A narrativa ágil tbm é algo que me atrai (mesmo nas explicações o autor se limita somente ao essencial, sem se alongar e ficar massante). Os designs dos Gaunas tbm são ótimos, sendo bem o que a história pede. Espero que o 3 chegue logo por aqui.
    PS.: O anime cobriu o mangá todo?

    • Exótico é uma ótima definição para Sidonia, é diferente e ao mesmo tempo cativante.

      Sobre o anime, não cobriu ainda, na real eu nem sei se já terminou. Ele é da Netflix, e as séries da Netflix tendem a ganhar temporadas novas somente depois de um ano (House of Cards, Orange ITNB, Demolidor, Bojack), e como ainda não fechou um ano da segunda, não sei dizer se vai ter a terceira ou não.

  2. O que eu mais gosto de Sidonia são as capas. São muito bonitas, esse fundo preto estrelado dá um contraste e tanto.

    Eu espero realmente que o anime não tenha cobrido todo o mangá, porque o anime termina meio rápido demais, dá até a impressão de que foi interrompido. Ótima publicação.

  3. Na real Sidonia tem mortes pra caralho, mas 95% delas não importam, pois são personagens whatever que morrem pros gaunas simplesmente porque sim. Mesmo no começo do vol 2 a única morte razoavelmente sentida na história foi a do Mochikuni Akai, pois tivemos uma leve “apresentação” dele e dos sentimentos dele no vol 1 e agora no vol 2 ele já começa morto, pra dar um choque no leitor. Já a Hoshijiro teve um desenvolvimento certo e perfeito pra nos importarmos o suficiente com ela e impactar a história pra sempre daqui pra frente. Vocês vão ver isso no vol 3.
    Também é interessante como o Nihei não nos choca com a cena da morte em si, mas sim com a noticia dela.
    Vou dizer que esses detalhes como o do xixi são o que me fizeram incluir Sidonia no meu top 10 de mangás favoritos. O Nihei consegue incluir umas coisas nada a ver que fazem sentido 😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s