Comentando o Volume #74 – Fullmetal Alchemist vol. 1

FULLMETAL_ALCHEMIST_A01_1466878082592499SK1466878082B

Quarta-feira chegou, ontem não tivemos post pois era feriado na minha cidade e como vocês sabem eu não tenho internet em casa. Mas o feriado foi bom, pois segunda passada chegou aquele tão aguardado mangá que todos queriam ver, eu pude então ler e reler com calma para preparar esse primeiro CoV dos 26 que a obra vai ganhar (o último é Review).

Fullmetal Alchemist, a obra máxima de Hiromu Arakawa (e para muitos de todos os tempos) foi publicada entre 2001 e 2010 nas páginas da Shonen Gangan, com um total de 109 capítulos compilados em 27 volumes encadernados.

No mundo, ficou famoso graças aos dois animes que recebeu: Fullmetal Alchemist entre 2003 e 2004 com 51 episódios; e Fullmetal Alchemist Brotherhood entre 2009 e 2010 com 64 episódios. Esse segundo sendo mais fiel ao mangá.

No Brasil a obra chegou pela primeira vez em 2007 no extinto formato meio-tanko, o que lhe rendeu 54 volumes. Após anos e anos de muito pedido, ele voltou finalmente no já famoso “formato de relançamento” da JBC agora em julho.

Caso alguém não saiba ainda, a obra conta a história dos irmãos Elric, dois jovens alquimistas que buscam a lendária Pedra Filosofal para recuperarem seus corpos após terem cometido o maior pecado da humanidade. E eu não vou me aprofundar muito na sinopse porque todos aqui já conhecem, vamos logo ao que vocês querem saber.

Como esse é o primeiro CoV e eu já decidi que FMA vai ganhar de todos os volumes, hoje eu não vou entrar muito na história, vou deixar isso para o próximo que é um volume mais pesado e que realmente começa a mostrar o tom da obra.

Hoje vamos nos focar bem mais o trabalho da JBC, para ajudar quem ainda está na duvida se deve ou não investir nessa coleção.

Vamos começar pelo maior mimimi de todos: aqualidade do material está bem próxima ao de Yu Yu Hakusho, e a pessoa tem que ser muito teimosa para insistir que não. “Ah Haag, tem transparência, eu vi a imagem no Facebook“, sim como em qualquer obra, principalmente em cenas com fundo branco.

Tá Haag, a transparência está normal, e vale o preço?“, bom, eu sempre digo para vocês que o preço tem que ser visto por vários aspectos e não apenas ele próprio. Sei que isso é difícil e que a lógica é que nos importemos apenas com “o que estamos gastando”.

Vamos analisar que Fullmetal custa R$ 16,90. Yu Yu Hakusho finalizou custando R$ 15,90 sem capa fosca e Parasyte custou R$ 16,90 com os mesmos requisitos, logo, o mangá está dentro do padrão dos títulos da editora, simples não é?

Ah Haag, mas OPM…“, sério mesmo pessoal? Ainda essa comparação?

A capa está algo de outro mundo, possivelmente uma das mais lindas da minha coleção, o trabalho da JBC nela ficou incrível. Ficou mais bonita do que eu esperava, e com a confirmação da capa do 2, as faixas coloridas vão seguir as cores originais, o que vai tornar interessante. Outro ponto para destacar é obviamente a cor especial tão destacada pela editora, sério, eu não achei que faria tanta diferença, mas honestamente está linda demais. A tonalidade prateada no fundo preto ficou surpreendente, e também vai se seguir nas lombadas da coleção.

Como já comentei com vocês, eu fiz a assinatura da coleção inteira, e não me decepcionei. Quinta-feira, 28/7, recebi por e-mail o código de rastreio do título e já na Segunda, 1/8, recebi o mangá pelos Correios. Normalmente os títulos da JBC já vem embalados em saquinhos diferentemente das bancas, mas no caso de FMA que veio com a sobrecapa, o mangá ainda foi embalado em plástico bolha e mais protegido.

Não sei se todos os volumes vão vir com o código de rastreio ou se foui apenas esse por causa da sobrecapa, mas foi bom poder acompanhar o tempo de entrega dele.

A editora liberou dois formatos de assinatura:
– do 1 ao 27 com 20% de desconto por R$ 365,00 e possibilidade de parcelamento em 6x;
– do 1 ao 14 com 10% de desconto por R$ 212,90 e parcelamento em 3x.

Eu sei que é salgado e pesa bastante no orçamento, porém o fato de não precisar ficar correndo na banca ou me preocupar com fretes em lojas online compensa um pouco, além do que, após 6 meses é só esperar seu mangá chegar e não se importar mais com gastos referentes a ele, pois tudo está quitado.

Como disse, sei que é caro, mas algumas obras merecem esse “gasto extra”, Akira é uma que estou preparando o cartão para o plano de assinatura desde o anúncio. Façam suas contas, apertem um pouquinho, mas tentem ao máximo fazer o plano de assinatura de FMA, pois essa é uma série que merece.

Mesmo sendo comprado nas bancas, Fullmetal Alchemist é uma obra obrigatória em todas as coleções, embora eu não precise falar isso para vocês. Comprem, porque se não pegarem vão acabar se arrependendo no futuro.

E que venha logo o volume 2 e a tristeza infinita.

Anúncios

13 comentários

  1. 1. Rastreio é só no volume 1, no e-mail que recebi estava escrito isso…

    2. 6 x 60 no boleto bancário não é caro, não. Só ficar seis meses sem comprar 4 mangás, inteirar com o dinheiro do pão e pronto, você tem o valor da assinatura.

    3. Não consegui ver diferença nessa cor especial na capa, não. Na quarta-capa, entretanto, eu achei interessante o efeito no desenho.

    4. Eu realmente queria que todos os volumes tivessem essa sobre-capa.

    5. Qualquer dia desses vou fazer resenha do primeiro volume, mas está difícil escrever…

    • 2. Também acho, FMA merece isso, é o tipo de obra que qualquer sacrificio compensa.
      3. Exatamente, na quarta-capa fica bem mais nitido, e até na lombada ficou bacana.
      4. Eu curti demais a sobre sobrecapa, não por causa do poster, mas a sobrecapa mesmo, daria uma capa diferente bem interessante. Imagina a próxima tendo o Mustang.

  2. Sem comentários negativos para FMA, é uma série sensacional, tanto, que pra mim é top 2.

    O meu ainda não chegou, mas já conferi o trabalho na banca e está sensacional, fico imaginando como ficarão as lombadas, uma do lado da outra, cara vai ser demais isso.

    Além disso, o desconto pra assinar a coleção toda está muito bom, só acho que eles deveriam parcelar em mais vezes, pois isso ia ajudar muita gente que não consegue pagar 60,00 por mês. Como eu queria demais essa coleção, já me preparei, da mesma forma que estou fazendo com Slam Dunk.

    De qualquer forma, pra mim, nota 6/5! kkkkkk!

    Ah! Veio marca página Haag? É legal?

  3. Espero que o meu chegue logo. Fullmetal é algo que merece estar na coleção de qualquer um. Por mais que eu goste da moldura da capa original, devo admitir que a JBC fez um bom trabalho nessa parte.
    “Fullmetal Alchemist, a obra máxima de Hiromu Arakawa (e para muitos de todos os tempos)”. Bom, deveria ser o mangá máximo para todo mundo, mas é aquele ditado, né?

  4. Então tu acabou de ver o anime?

    Eu chuto que deve ter esgotado e eles provavelmente vão reimprimir o primeiro volume (talvez o segundo). Aqui na minha revistaria vieram apenas 3 unidades do vol1 e elas venderam literalmente 1 hora depois de eu ter exposto, e ainda depois vieram mais umas 4 pessoas atrás do mangá.

    E assim que chegou a encomenda aqui, eu grudei o poster em cima do meu pc 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s