Review #65 – Éden: It’s An Endless World

20170120_151047.jpg

Sexta-feira, 20/01, e hoje teremos a review de uma obra que foi bem interessante para mim, não só por sua história como também pelo seu formato. Hoje vamos conversar sobre o final do mundo sem fim.

Éden: It’s An Endless World é uma obra de Hiroki Endou e foi publicada no Japão durante 10 anos (entre 98 e 08) e rendeu ao todo 18 volumes encadernados. No Brasil, sua primeira publicação foi em 2003 pela Panini em uma edição meio-tanko e com a lombada formando uma arte, mas a editora acabou cancelando o título após ter publicado 23 volumes, que correspondiam até metade do volume 12 no original.
EDEN_A1_1436535572133120SK1436535572B
Em 2015, a JBC surpreendeu ao anunciar e publicar a série em seu novo formato “big”, que compila dois volumes originais em um (ou 4 meio-tankos da Panini).

Como todos vocês já estão cansados de saber, eu sou muito fã de cyberpunk. Prefiro infinitamente obras futuristas e apocalípticas, tanto que meu único samurai é Kenshin mesmo. Por isso quando a JBC anunciou Éden, eu nem pensei duas vezes em colocá-lo na minha lista de compras.

Éden é uma obra cheia de informações ao natural, com muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e diversas teorias se formando ao mesmo tempo. Comentei no CoV do volume 7 como acontecia coisa demais em poucas páginas e essa impressão fica ainda maior graças ao formato big. Você pega o oitavo volume que seria o penúltimo dessa coleção pensando que “falta só mais um”, porém a verdade é que está lendo o décimo quinto volume de uma coleção de dezoito, então são mais quatro volumes.

Então o que já era muita informação, acaba virando ainda mais, pois a leitura de dois volumes é na verdade quatro, e vocês sabem como muita coisa pode mudar em quatro volumes.

E aqui já entra o final da série. Olhando pelo ponto de vista do formato big, o final de Éden muda completamente em apenas um volume, você lê o nono e pensa “mas de onde foi que isso saiu?”, porém se pensar bem, era uma coisa que no original vinha se construindo a pelo menos dois volumes. Essa ilusão que a edição big causa é interessante.

Eu gostei muito do final de Éden. É diferente e fez bastante sentido para mim, achei interessante como o autor conseguiu inserir um tema tão complexo como criação do universo e até mesmo um pouco de religião de forma muito bem feita.DEN_A5_1458576440133124SK1458576440B

Os personagens ao longo da série não foram os mais cativantes, Ellijah é talvez um dos melhores, mas ainda assim não é “aquele” personagem que nos faz amar. Talvez a mudança de protagonistas toda hora não nos permita criar alguma ligação fixa com os personagens, tanto que o grande desfecho da obra é com Ennoia, um personagem que quase não aparecia na obra (embora, repito, o final tenha sido muito bom).

Outro ponto bem interessante para se destacar na obra é que mesmo com sua parte fantasiosa sobre os coloides e a criação, ainda assim Éden consegue ter sua pegada realista por trás disso tudo, abordando temas um tanto sérios como as brigas religiosas entre hindus e muçulmanos, ou o tráfico de drogas nos países latinos.

Esses assuntos pesados e bem atuais são o que trazem o realismo para a obra, é ao pegar esses temas que o autor nos faz entender o final da obra, pois mesmo sendo algo extremamente fantasioso como “criação de outro universo”, ele ainda assim nos faz questionar: será que não seria realmente melhor nos entregarmos aos coloides?

Bom, falando um pouco agora da experiência em colecionar um formato big, eu posso dizer que gostei demais e acho que esse tipo de formato é muito bem vindo.

Claro que ele ainda tem coisas para melhorar, o acabamento das páginas é o principal problema. O último volume está tenso nisso, o nivelamento ficou muito ruim, com “bloquinhos” de página pra fora e pra cima, bem fora de um padrão como é o normal, isso sem contar a dificuldade em folhear.
eden_its_an_endless_world_a_1479154439627102sk1479154439b
Mas no geral foi uma experiência boa, o alto número de páginas não atrapalha tanto na leitura quanto eu pensei que incomodaria. E numa história tão rica em detalhes como essa, ter as coisas mais “compactada” ajuda a assimilar melhor.

Uma das maiores criticas veio por conta do preço, e sim, R$ 39,90 é bem salgado para o pessoal comprar. Porém esse deixou de ser um problema a muito tempo, vocês viram meus posts de AdS, eu não paguei mais do que R$ 23,00 neles, teve obras que cheguei a pagar R$ 16,00 e isso é menos do que um título normal da JBC e Panini. Com todos os descontos da Amazon e Saraiva, é sim viável colecionar formatos big.

Honestamente, eu gostei demais, foi uma das minhas melhores leituras em 2016 e pode facilmente figurar entre as melhores da minha estante.

Não recomendo para quem gosta de coisas mais “simples” ou modernas, Éden é uma obra bem cabeça e que requer atenção nos detalhes. Mas se você gosta de obras fortes, então essa é obrigatória para sua coleção.

Nota: 4,6 / 5

Anúncios

1 comentário

  1. Como eu lhe disse lá no post do face, estou relendo EDEN em sequência, sem ter de esperar dois meses para saber da continuidade da edição, e o ritmo frenético é fantástico. O tempo de leitura é longo, boa parte desse tempo vai de ficar observando os detalhes das cenas. Também adorei no final de cada edição as notas do autor, é muito legal as situações que ele aborda da vida dele, e como ele as aborda. O formato BIG é ótimo, no meu caso, tirando os volumes quatro e nove, os outros estão certinhos, só estes dois que tem desníveis nas páginas. Sobre o preço, eu paguei cerca de 23,5 em cada edição, comprei ela em lojas como Americanas, Saraiva… Enfim, EDEN é uma leitura super recomendada, e suas colocações são ótimas, como sempre! Abraço!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s