Comentando o Volume #111 – Slam Dunk vol. 03

Sexta-feira chegou e com ela mais uma semana se passou sem aquisições. Em compensação comecei a tirar muita coisa do atraso graças a estante nova, e entre os muitos atrasos estava o terceiro volume de Slam Dunk. Eu não fiz um CoV do segundo volume pois comprei ele muito próximo ao primeiro, então resolvi deixar para o terceiro realmente por ser quando começam as partidas e a pegada mais “séria” da obra.

Claro, quando eu digo que a obra se tornou mais séria eu não estou dizendo que as piadas acabaram, pelo contrário, ela apenas se tornaram mais “exatas”. Esse está sendo o ponto mais legal de Slam Dunk para mim por enquanto, perceber como o Inoue consegue mesclar bem a seriedade com a comédia sem ela ficar forçada, e isso ele trabalha brilhantemente com o Sakuragi, conseguimos perceber as mudanças de clima apenas pelas reações e expressões do protagonista, sem precisar aparecer aquele personagem aleatório que diz “nossa, que clima tenso”. Não, a gente conseguiu notar.

Os demais personagens também conseguem transmitir esse sentimento e novamente vemos o talento do Inoue aqui, a facilidade dele para criar novos personagens é incrível. É bem diferente do que vemos por exemplo o Oda fazer em One Piece, quando ele cria pencas e pencas de personagens novos mas que em sua maioria fica raso. Aqui não, o Inoue cria os personagens de modo preciso, para o Ryonan ele criou toda uma equipe, porém pegou apenas 3 ou 4 personagens e deu mais “detalhamento” neles, tornando eles mais do que apenas adversários daquela partida, e sim personagens que a gente fica querendo ver mais vezes na obra.

Algo que eu queria ao máximo evitar mas que vou precisar fazer é dar uma leve comparada com Kuroko. Temos nesse volume a primeira partida do mangá e já conseguimos de cara perceber aquilo que eu sempre digo para vocês: a diferença entre um mangá DE esportes e um mangá COM esportes.

Aqui estamos vendo uma partida de basquete, e eu não falo apenas pelas regras, falo no geral mesmo. O Sendoh pegou a bola e todos ficaram impressionados, mas não porque ele vai fazer algo milagroso como uma cesta de 10 metros ou deixar o adversário no chão, o pessoal aqui fica impressionado apenas por ele ser um excelente jogador. Tudo que o Sendoh faz é dentro do real, do possível. O cara joga demais, mas também não é tão incrível a ponto que o Akagi e o Rukawa não possam enfrentar ele. E isso faz a partida se tornar realmente cativante, pois a gente não tem a menor ideia do que pode acontecer.

O traço do Inoue ajuda ainda mais a tornar tudo isso mais real para o leitor. A garra, a pressão, a vontade de vencer de cada personagem fica bem evidente nesse traço mais trabalhado, as expressões faciais são mais nítidas e isso facilita para o leitor imaginar a situação com mais facilidade.

Infelizmente nem tudo são flores, novamente tive problemas com as primeiras páginas ameaçando se soltar, embora a impressão é de que agora estão amarradas e não coladas. A capa está bem desalinhada, ficando até mesmo com as páginas para fora da “moldura” que ela deveria formar, em compensação a contracapa ficou bem maior que o nível. Creio que tenha sido um problema na dobragem das orelhas, pois esse desalinhamento não atingiu a lombada que se manteve normal.

Outro problema que tive, e pela primeira vez com o offset, foi o de soltar tinta. Esse volume soltou tanta tinta que além dos meus dedos ficarem escuros (algo que rola direto com os brite), manchou também muitas páginas, ficando aqueles vultos que se formam nesses casos.

Parecem coisas pequenas, mas é aquele ponto que eu já tinha dito no primeiro CoV, a Panini fez muita propaganda nas redes sociais que “escutamos vocês”, “vamos fazer algo diferente e especial” ou “é quase um kanzenban”, e no fim o que estou vendo é um mangá bem normal. Eu me arrisco até mesmo a dizer que One-Punch Man vem recebendo bem mais cuidado e atenção do que o próprio Slam Dunk. Não acho que esteja ruim ou que não compense, longe disso, a edição é muito boa e digna da obra. Porém está bem aquém de todo o hype que a Panini criou para o lançamento.

Não sei se mais alguém concorda, mas eu esperava (e acho que era a obra perfeita) que a Panini tivesse feito algo como foi Blame! e será GTO. Ao menos pra mim, toda aquela demora em aprovação e toda a conversa era para algo totalmente diferente do que a editora já fazia, e que no fim foi entregue uma qualidade “normal” para os padrões da italiana. Na parte de qualidade da Panini, eu me senti um pouco engando.

Bom, de qualquer forma continua sendo uma excelente obra para se ter na estante. Repito, por mais que eu esperasse algo diferente, a qualidade é sim incrível e compensa casa centavo investido, é o tipo de obra que se você não está pegando vai acabar se arrependendo com certeza.

Se ainda não pegou, aproveita que hoje a Amazon está com desconto em todos os volumes.

Anúncios

8 comentários

  1. Por isso é minha obra top 2! A emoção que você sente nos personagens, a possibilidade de acontecer qualquer coisa (possível) no jogo, as angulações que o Inoue dá pras cenas, as gotas de suor e as expressões dos personagens, por tudo isso que eu falo que Slam Dunk é, sem dúvida o melhor mangá de esporte que eu já li. O que se aproxima mais (e por isso faz tanto sucesso) é Haikyuu, mas mesmo assim, ainda prefiro SD.

    Sendoh é meu 2º personagem favorito (o 1º só podia ser o Sakuragi!!!). O cara é muito bom e o legal é que ele é um cara normal, no sentido de não ter aquelas frescuras de ser cheio de “não me toque”! Ele até dá Ibope pro Sakuragi!

    Quanto à qualidade física é realmente deprimente ver SD sendo lançado com esses problemas. Eu não tive nenhum problema com Ajin, OPM e Vagabond, mas infelizmente, em uma de minha favoritas, está acontecendo isso! 😦

    Pior que em FMA que é a minha top 3, a camada fosca (uma película plástica parece), está querendo soltar também, bem de leve, nas bordas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s