Comentando o Volume #115 – Blame! vol. 03

Sexta-feira 12, algo que não tem a menor importância para ninguém, embora se fosse 13 todos colocariam alguma piada no Facebook. Do que estou falando? Não sei, e isso não tem relação nenhuma com o post de hoje. Então vamos ignorar os devaneios de quem ainda está dormindo e vamos falar do que interessa: QUE VOLUMÃO DA PORRA!

Chegamos ao terceiro volume de Blame!, aquela obra da JBC que vem sendo publicada num formato especial e sobrecapa.

A obra já tinha me conquistado no primeiro volume (CoV aqui) e toda sua “não narração” por assim dizer. No segundo volume já tivemos um pouco mais de ação e alguns mistérios começando a criar forma, mas nada muito “ual” ainda, era lento e sutil. Porém ontem quando peguei o terceiro volume para ler, nossa, foi uma explosão de cabeça aquilo. O volume já começa na ação e uma batalha bem forte, mas é depois dessa luta que o mangá começa ficar realmente interessante.

Continuando a busca de Killy pelo Gene-Modem nós encontramos uma colônia de humanos que está sendo atacada por varredores. O que me chamou a atenção aqui é que embora a obra não tenha revelado seu grande mistério ainda, aos poucos nós vamos entendendo ele através de pistas que vão rolando aos poucos, seja por comentários de alguém explicando o passado ou pela forma como os inimigos agem.

No primeiro volume muita gente reclamou da falta de texto no mangá, porém foi o que eu disse naquele CoV, o Killy viajava sozinho e não tinha com quem conversar. No segundo já começamos a ter mais interações e nesse volume, com uma companheira de viagem e com a chegada nessa colônia de humanos, agora ele tem com quem conversar e com isso finalmente vem o texto. Honestamente, não se tem o que reclamar sobre essa parte, eu nunca entendi a mania dos heróis conversarem sozinhos ou de discutirem com o inimigo em meio a luta.

O volume terminou de uma forma alucinante, em meio a uma batalha colossal, com uma revelação forte (que já dava para desconfiar) sobre o Killy. Eu terminei o volume e fiquei louco para que o 4 seja lançado logo e eu veja a conclusão dessa batalha.

A arte do Nihei está monstruosa, sinceramente eu estou achando ela muito mais superior que a de Sidonia. A riqueza de detalhes no cenário é muito maior, as batalhas são empolgantes e prendem, até mesmo os personagens são muito mais fáceis de identificar do que em KoS. Essa página dupla que eu separei logo abaixo é incrível, vinhamos numa sequência quadros com os personagens desvendando uma instalação, os quadros estavam aos poucos diminuindo, mostrando coisas “sem sentido”, ai do nada viramos a página e temos está cena e página dupla. Ela não quer dizer muita coisa, mas ao mesmo tempo é impactante e dá uma dimensão de grandeza, pois desde o começo a história ficava em um espaço apertado, tuneis e paredes, bem claustrofóbico e numa escala pequena, ai então do nada temos um espaço gigantesco ao ponto dos personagens serem pontinhos no canto da página.

O trabalho da JBC continua muito bom em Blame!. Confesso que senti esse volume 3 mais “maleável” do que os dois primeiros, mas isso não quer dizer bolhufas. Senti falta das páginas coloridas nesse volume, é apenas folha em frente e verso, mas ela é apenas índice. No meu gosto particular, eu sempre prefiro que tenha ao menos uma ou duas de história, para nos dar uma noção do ambiente e clima dos personagens, será que aquele vilão é preto e branco ou talvez vermelho sangue? Será que o mundo é em tons de cinza metálico ou possui cores vivas? Não sei, pois as páginas coloridas ficam apenas no índice.

Claro, eu acho que se esse é o máximo que posso reclamar de uma obra é um bom sinal então, pois quer dizer que nas coisas que realmente importam ela está fazendo sua parte.

O preço no fim das contas nem tem me parecido aquele monstro todo que imaginei que seria. Óbvio que não vou dizer que R$ 23,90 é ótimo e tal, mas não é nenhum absurdo para o que vem se apresentando, sem contar que é fácil achar promoções dos volumes hoje em dia.

Está sendo uma experiência bem interessante e para mim é um dos melhores mangás do mercado atualmente, para os fãs do cyberpunk, é uma obra obrigatória.

Anúncios

5 comentários

  1. Blame realmente é muito bom! Apoio sobre o melhor formato atualmente sendo publicado à um preço acessível, porém, dependendo de como estiver GTO, vai acabar ficando melhor!
    Se qualquer forma, como já tinha comentado com o Haag, vou deixar esse passar por enquanto, muito mais porque eu já li e tem outras obras no mercado que ainda não li. Além de algumas que, simplesmente, não posso deixar passar. Como KnK e GTO.

    Vou deixar em off por enquanto pra poder respirar um pouco.

    Como é JBC, sei que posso deixar pra pegar mais pra frente, sem medo de sumir completamente do mercado.

    Alguém aí já leu Wolverine Snikt? Nihei desenhando o carcaju, pensa só!!! Recomendo fortemente!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s