Top10 #25 – Mangás Favoritos 2.0

Quinta-feira chegou e o final de semana volta a bater em nossas portas, melhor ainda que faltam apenas 40 dias para minhas férias e isso é de divino.

Esses dias eu participei de uma daquelas correntes de Instagram em que o tema era mostrar os 10 mangás favoritos da sua coleção. Após fazer a foto eu percebi que a última (e única) vez que fiz essa lista foi lá no terceiro post do Top10, em 2015. (link aqui).

Para esse lista eu contei apenas com mangás, mais para a frente vai rolar também uma de HQ’s. Comparando com a lista de 2015, somente 4 das obras continuaram na lista, mas algumas decaíram demais no meu gosto após ver seus finais e de conhecer outras.

A lista obviamente é só de coisas publicadas no Brasil e que eu já tenha lido, entretanto, porém e todavia, pensando com mais calma nas coisas japonesas que eu já li e que ainda não foram lançadas aqui, deve estar faltando apenas Natsume Yuujinchou para que eu possa dizer que tenho meu 10 favoritos atualmente.

Então sem mais delongas, essa é a lista atual dos meus 10 mangás favoritos:

10º Death Note – Editora JBC

Como eu contei naquele post em 2015, durante muito tempo Death Note figurava na minha lista como “o” mangá favorito. Hoje eu já não sinto mais todo aquele “tesão” na obra, ainda acho fantástico, mas já não é o mesmo sentimento. Tanto que se Natsume fosse anunciado, ele nem estaria mais no top10.

9º 20th Century Boys – Editora Panini

Acho que essa é a maior decepção que tive até agora. Naquela lista 20th era o segundo colocado e estava por volta do volume 15, que era o final da Feira de 2015. Então estava foda, estava alucinante. Mas e aquele final? Sério, o final é tão ruim que até hoje eu não consegue fazer nem uma review pra obra. E eu li tanta coisa incrível nos últimos tempos que não tem como eu querer manter 20thCB mais do que um nono lugar.

8º A Voz do Silêncio – Editora NewPOP

Bom, vocês sabem muito bem o quanto eu sempre quis Koe no Katachi, já devo ter lido online umas cinco vezes e a cada volume da NewPOP eu releio tudo outra vez. Entretanto, assim como 20thCB a obra peca muito no seu final, mas fica na frente porque ao menos faz sentido.

7º Monster – Editora Conrad e Panini

Em sétimo temos mais uma obra do Urasawa na lista, e sim, eu vou concordar com todos e dizer que Monster realmente é melhor do que 20thCB. Eu acho o final muito bom, o pessoal reclama de ter deixado com dupla interpretação, mas eu acho que isso é justamente o ponto positivo da obra.

6º Fullmetal Alchemist – Editora JBC

Em sexto lugar temos aquele mangá que eu quase apanhei quando disse que nunca tinha lido. Mas eu finalmente comecei a ler FMA e realmente admito que ele é realmente incrível. Está longe de entrar nos meus 5+ por enquanto, estou muito curioso de ver como ele vai terminar e se vai subir mais ou não.

5º Claymore – Editora Panini

Começando então o Top Five, temos agora uma obra que corri bastante atrás e que amei. Sério, não entendo o motivo de ver tanta gente reclamando ou criticando a obra, claro que não é nenhuma obra prima nem nada desse tipo, mas é um shonen bem fechado e com boas lutas.

4º Hunter x Hunter – Editora JBC

Hunter x Hunter caiu uma posição na lista desde 2015, o motivo disso é que a história não evoluiu nada nesse tempo todo, pelo contrário, já enrolou mais e começou a encher o saco para mim. Honestamente, se eu não gostasse tanto de Chimeras Ant, com certeza HxH já estaria bem mais na parte de baixo da lista.

3º Rurouni Kenshin – Editora JBC

Em terceiro lugar está a série que ficou em primeiro na lista de 2015. Se for pensar todos os mangás que eu já tinha na época, ele ainda continua em primeiro já que os próximos dois são aquisições de 2017. Diferente das demais que caíram no meu gosto, como Hunter, 20th e Death Note, o caso de Kenshin é puramente que as duas primeiras colocadas superaram ele. Não teve nenhuma decepção nem nada, provavelmente Kenshin continuaria sendo o primeiro colocado da lista se não fosse pelas outras duas.

2º Vinland Saga – Editora Panini

Desculpem o termo, mas putaquepariu que mangá! Vinland Saga é monstruoso, não sei como que eu posso ter quase perdido esse mangá. Como eu disse no Maratonando e vocês já repetiram tantas vezes, VS prende o leitor, nos deixa vidrado querendo saber onde aquilo vai dar. Quando a gente acha que a história decaiu, vem o autor e nos dá um novo soco e joga tudo lá em cima. Posso no fim me decepcionar como com 20thCB? Talvez sim, mas em Vinland Saga eu acho que vai ser bem improvável de acontecer.

1º Your Lie In April – Editora Panini

Antes de falar do primeiro lugar, um minuto de silêncio pela baixaria que a Panini está fazendo com ele… Shigatsu já teria sido o primeiro colocado na outra lista caso já estivesse no Brasil, eu sou apaixonado por esse mangá, digo sem erro que é o meu mangá favorito de todos os tempos e dificilmente vai perder esse posto. O final dele é o maior soco no estomago que já tomei, quando assisti ao anime eu chorei litros, depois li por scan e de novo. Já sei que provavelmente quando terminar de ler vou ir as lágrimas outras vez. Vocês já sabiam disso, nesses quase 3 anos de Itadakimasu não foram poucas as vezes que falei o quanto queria os mentirosos na estante. Só me dói ver o que a editora está fazendo, mas isso fica para outro post.


Bom, esse é meu Top10 de mangás atualmente.

Pensando em curto prazo, acho que somente mudaria se um milagre acontecer para Natsume aparecer aqui. Talvez no futuro, com outras experiências de leitura isso até mude.

E para vocês, quais os seus 10 favoritos?

8 comentários

  1. Muito bacana Haag! É engraçado como, conforme a gente vai tendo mais experiências de leitura, o gosto vai mudando né? Pelo que percebi, os únicos não finalizados da lista são HxH e Vinland Saga, sendo assim, coloquei alguns na minha lista também!
    Ficaria assim:
    10 – Blade / Berserk (não consegui me decidir ainda, a diferença é que Blade já sei o fim, Berserk, não)
    09 – Vagabond (esse é bom demais)
    08 – Monster
    07 – Kenshin
    06 – HxH
    05 – Koe no Katachi
    04 – Ouran Host Club
    03 – FMA
    02 – Slam Dunk
    01 – One Piece (sempre)
    Aí depois disso, tem uma monte de mangás que não sei definir bem uma classificação, mas que são muito bons (pra mim) como, Death Note, Holic, YuYu Hakushô, Ranma 1/2, Inu Yasha, Fruits Basket.
    Não coloquei no top 10, Your Lie, Akira e Vinland porque ainda não li tudo. Na verdade, Akira já li, mas faz muito tempo e não lembro!
    Agora se fosse contar os que ainda não foram lançados por aqui, ia virar bagunça, acho que ia alterar bastante coisa. Provavelmente Natsume ficaria entre os 5 primeiros e depois eu ficaria com uma dúvida imensa se colocaria ou não Rokudenashi Blues e Koukou no Hito no top 10. Talvez Gintama… ah, não sei! kkkk
    Sugestão de top 10. Melhores one-shots, publicados no BR ou não, porque os publicados acho que não daria nem 5. kkkkkk

    • Cara, Natsume seria Top 5 talvez até 3 para mim. Aquilo é lindo demais.

      Tu nunca leu Your Lie completo? Mas viu o anime? Ou tu vai me dizer que realmente não sabe o final da obra? Manooooo!

      Vou pensar nessa lista, na verdade foi coincidência não ter nenhum na minha lista dos 10, se eu fosse até os 20 ai com certeza teria coisas como The God’s Lie e Nijigahara.

  2. Meu top 10 seria:

    1° BLAME! – Um mangá incrivelmente singular. Muito interpretativo, e íntimo pra cada um que o lê, necessitando de muita atenção durante sua narrativa.
    Nihei criou um maravilhoso mundo belo e solitário, o que me conquistou, e o fez ser, ao menos pra mim, uma obra prima dos quadrinhos.

    2° Vagabond – Outro mangá que me conquistou. Nunca fui de ler ou consumir obras de samurais, mas a evolução que a história tem o desenvolvimento dos personagens, me conquistaram. É assustador pensar que o mesmo cara de Slam Dunk, fez uma obra como Vagabond.

    3° Fullmetal Alchemist – Um shounenzão diferente do comum no gênero. Onde o desenrolar da história, dos mistérios e dos personagens, cativam o leitor de uma forma única. A filosofia do mangá é muito forte, muito profunda, seu legado e lições ficam pra sempre na pessoa que o lê. Uma história incrivelmente bem amarrada, que não deixa pontas soltas.
    Poderia estar na 2° posição, mas eu não curto muito a comédia do mangá.

    4° Your Lie in April – Uma história linda e bem desenvolvida, personagens muito carismáticos, e aliada à um dos finais mais belos e dignos de todos os elogios possíveis, que te dá um soco no estômago, e que a torna uma obra inesquecível.
    Assim como FMA, poderia estar numa posição mais alta, mas a comédia era desnecessária me incomodava um pouco, por isso fica um pouco mais abaixo.

    5° Vinland Saga – O que dizer desse fucking mangá maravilhoso?
    Uma das melhores histórias que eu já li, com desenvolvimento da trama e dos personagens excepcional. Esse merece um relançamento em formato premium da Panini.

    6° Hunter X Hunter – Shounen que começa bem, mas nada dora do padrão, evolui de forma assustadora, e tem seu ápice na saga das Formigas Quimera. A evolução monstra do Killua, a desconstrução do Gon, e a expansão do mundo de HcH, foram o que me marcaram no mangá.
    Ps: Não acho que o Togashi está enrolando a história, ou se perdendo, só está expandindo o mundo.

    7° Monster – Um suspense que mantém você preso do início ao fim. Uma das melhores leituras que eu já tive. E um dos melhores vilões já feitos.
    Poderia estar em uma posição mais alta, mas Monster é enrolando em alguns momentos. Na verdade, a enrolação é uma característica do autor. Ele enrola demais. Por isso que Pluto é a melhor obra dele. Bem curtinha e direta ao ponto.

    8° Death Note – Uma história bem fora do convencional, com um debate bem marcante de quem é o certo e o que é o errado na história.
    Ao contrário do que muitos pensam, não acho que a história piorou da segunda metade pro final. Não acho melhor que a primeira metade, mas não acho medíocre ou ruim.
    Recomendo que veja o vídeo do Kitsune do canal Video Quest. Me identifiquei bastante com a opinião e com o argumento dele.

    9° Nijigahara Holograph – É bem complicado falar desse mangá, sem dar spoilers, já que é um one-shot.
    Devo dizer que nunca na vida, algum one-shot me conquistou tanto como NH. Um mangá complexo, que requer um nível muito alto de atenção aos detalhes. E que discute assuntos pesados, como bulliyng, estupro, etc.

    10° Tokyo Ghoul – Uma baita surpresa agradável, na minha opinião. Um mangá que começa bem chatinho e com personagem genérico, evolui banstante ao longo dos volumes. Tem seus pontos fracos, mas mesmo assim, continua bom e melhora a cada volume.
    Sem falar naquele “final” sensacional da obra.

    Menção Honrosa: My Hero Academia.

    Sim, isso mesmo. My Hero Academia. É um shounen genérico? É! Tem personagens genéricos? Tem! Tem protagonista fraco ganhando poder do nada? Sim!
    Não é a melhor obra que eu já li, nem de longe, e nem faz parte do meu Top 10, mas é um mangá que eu me divirto lendo.
    Apesar de ter todas essas características genéricas de shounens padrões, eu admiro a forma criativa que o autor trabalha com os personagens e alguns assuntos tratados na obra. A obra possuí pequenas nuances que me agradam bastante. A dualidade entre o Midoriya e o Bakugou é bem legal, mesmo o Deku sendo um pouco chato e o Kacchan um personagem deveras irritante. Mas a evolução deles com o tempo (eu acompanho online e compro a edição física da Jbc), é algo já esperado, mas que me agrada bastante.

  3. Que incrível ver Vinland lá em cima. Sonho todos os dias com um relançamento para eu poder preencher os furos em minha coleção. Não estava interessado em You Lie in April, mas agora vou dar uma chance. Fiquei bem curioso.

    Meu top:
    1° Planetes
    2° The God’s Lie
    3° Death Note
    4° Yu Yu Hakusho
    5° Parasyte
    6° Uzumaki
    7° The Wedding Eve
    8° Orange
    9° Nigeru Otoko
    10° Green Blood

    Só estou considerando obras finalizadas. Caso contrário, Vinland estaria em primeiro lugar. Estou relendo a obra. Até abri um blog para postar minhas resenhas de cada volume.

    • Dói bastante ver Your Lie com a qualidade porca que a Panini deu. Mas tenta relevar, a história vale demais.

      Se tu tem Planetes e God’s Lie como favoritos, cara, pega o lenço e te prepara para Your Lie. Orange é fraco comparado com ele.

      Eu recomendo e muito, vendo tua lista eu tenho certeza que tu vai amar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s