Review #101 – Quem é Sakamoto?

Bom dia nessa nublada terça-feira meus amigos leitores, review 101 chegando e com ela nós vamos conversar sobre um mangá que eu ainda não entendi porque eu gostei tanto.

Sakamoto Desu Ga?, obra de Nami Sano, é uma comédia bem nonsense que foi publicada entre 2011 e 2015 nas páginas da Fellows! com um total de 27 capítulos compilados em 4 volumes encadernados. No Brasil a obra chegou em 2016 pela Panini com o título de Quem É Sakamoto? e uma capa bem controversa.

“Estudante do primeiro ano do ensino médio, Sakamoto não é só legal, ele é muito mais que isso! Logo no início do período escolar, ele começou a atrair a atenção de todo mundo. As garotas o amam, e muitos rapazes sentem-se incomodados com ele. Não importa os jogos sujos e trapaças que os outros garotos fazem, Sakamoto sempre consegue se livrar com facilidade e graça. Não importa as dificuldades que Sakamoto encontra, ele aproveita sua vida escolar com confiança e classe!”

Bom, depois de receber muitas indicações eu comprei Sakamoto já completo para ver qual era a da obra e como eu disse antes, ainda não entendi como que eu gostei desse mangá.

Quem é Sakamoto? é estranho desde o começo. Nada nesse mangá faz o menor sentido, são várias histórias curtas dentro do cotidiano do garoto Sakamoto.

O protagonista é o garoto perfeito, todas as atitudes dele são precisas. Alguns tentam praticar bullying com ele, outros apenas chamar sua atenção ou superar o garoto, porém todas as atitudes das outras pessoas são facilmente superadas por Sakamoto. Tudo isso feita de uma maneira cômica, chegando até mesmo ao nível de serem piadas escrachadas.

Os personagens são bem exagerados em suas atitudes. Tem o amigo que vive falando do próprio cabelo, a mãe desse amigo que é apaixonada pelo Sakamoto ou o colega de classe que era modelo e sempre termina de cueca. Em determinados momentos esses personagens são muito engraçados com suas atitudes exageradas, em outras se torna constrangedor.

E assim é a história de Quem é Sakamoto?, um mangá que vive o tempo todo numa linha bem fina entre o super engraçado e o constrangedor. Tem horas que colocamos a mão no rosto e soltamos um “ah não, desnecessário” ou mesmo um “era pra rir?”, mas também tem muitos momentos em que o leitor gargalha alto de tão engraçado. A impressão que passa é que a autora testou tudo que podia, todas as piadas que ela pensou estão na obra, independente de serem boas ou não.

Acho que foi por isso que gostei de Sakamoto, por mais que a obra tenha esses momentos constrangedores e desnecessário, a maior parte dela é realmente muito boa. As risadas são boas, a série realmente nos diverte quando ela acerta a piada, nos fazendo até mesmo esquecer os momentos constrangedores que passaram antes.

Se eu tivesse que cravar um ponto negativo na obra é seu final, esse sim o pior ponto da obra.

Da forma que ela vinha se encaminhando, eu estava esperando que a gente fosse ter uma resposta para a grande pergunta do mangá: “Quem é o Sakamoto?”. Eu já estava esperando que ele fosse um robô ou um alienígena, mas a verdade é que nada foi explicado, nada foi respondido. O mangá termina com a pergunta ainda em aberta e com a única resposta de “Eu sou o Sakamoto, você sabe!”.

A arte da obra não é nada genial, ela é bonita em muitos momentos e cômica quando precisa. Ela não enche os olhos, mas fica muito longe de ser feia ou dever em algo, é apenas na medida exata para o que a história está pedindo.

O trabalho da Panini é muito bom, mesmo sendo publicada em brite a editora conseguiu utilizar um papel muito bom, queria muito que YourLie fosse nesse material de Sakamoto. Eu não vou entrar muito na questão das capas, sim elas são feias e ponto.

E o veredito?

Eu recomendo sim Quem é Sakamoto?. É uma obra bem curtinha que serve bem tanto para os fãs de comédia escrachada quanto para quem quer ler algo diferente sem se prender em muitos volumes como Arakawa.

O preço de capa é R$ 13,90, porém acabei de confirmar na Amazon e tem volume por até R$ 9,90. Todos os 4 são bem fáceis de encontrar nas lojas online, então não é nada raro que você precise recorrer ao ML.

Nota: 3,8 / 5

Parece ser uma nota final ruim, mas dentro do que seria a proposta de Sakamoto é o oposto, é uma ótima nota. Sakamoto não tenta ser um mangá 5 estrelas, eles não tenta ser uma obra lendária ou a melhor de todas, ela quer apenas ser boa e normal, do tipo que você lê e gosta, mas sem colocar entre os seus favoritos.

E por saber de suas limitações é que Sakamoto consegue ser tão bom.

Anúncios

1 comentário

  1. Cara, eu adorei Sakamoto! Realmente tem momentos que você fica até sem entender o que tá rolando ou porque o personagem fez aquilo, mas esse tipo de exagero em obras de comédia é que eu mais curto!

    Inclusive tem momentos bem parecidos com o humor de AUTB.

    É o tipo de série que vou reler algumas vezes pra descontrair.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s