Novidades do Mercado #155

Eita que chegamos na segunda-feira para falar de uma semana que foi bem movimentada e complicada.

Antes de mais nada, vocês já me conhecem desde 2015 e sabem o que eu penso: Tá ruim? Não comprem. Simples.


Editora JBC

A JBC essa semana anunciou que terá um novo título em simulpub, que para quem não sabe, é a publicação simultânea dos capítulos com o Japão.

A obra será The Seven Deadly Sins.

A editora já lançou (ou está lançando) digitalmente o volume 35 que é o último lançado no Japão. Agora ela está agilizando para colocar no ar todos os capítulos lançados que ainda não foram compilados no 36. Isso tudo deve ocorrer até final de fevereiro.

Com tudo dando certo, o primeiro capítulo 100% junto do Japão deverá ser o 302 que será publicado em 6 de Março.

O preço deve ficar na casa dos R$ 2,90 conforme está acontecendo com Eden’s Zero.


Editora Darkside

E finalmente temos novidades sobre The Girl From the Other Side, ou A Menina do Outro Lado como será lançado no Brasil.

Mais de um ano depois do anúncio, a Darkside finalmente confirmou o lançamento para 27/2, com alguns sites já fazendo pré-venda.

O mangá será em capa dura, como é o padrão da editora. Terá preço de R$ 54,90.

A editora não confirmou periodicidade da obra, no Japão ela possuí 6 volumes até o momento.


Editora Panini

Bom, a Paninoza fez suas Paninices, porém sendo bem honesto, não foi nada muito fora do esperado, apenas cego não está enxergando o mercado atual (e tem cego nesse mercado).

Vamos ter em março 3 novos reajustes de preços, se minhas contas estão certas acho que estes são os que ainda faltam arrumar:

  • Ataque dos titãs – Antes da Queda passou de R$ 14,90 para R$ 16,90
  • Tokyo Ghoul: Re passou de R$ 13,90 para R$ 19,90
  • Vinland Saga passou de R$ 14,90 para R$ 19,90

Eu não quero defender, então não entendam meu comentário agora errado. O aumento de Tokyo Ghoul mostra a irresponsabilidade da Panini em seus aumentos, mas não pelo fato de agora ter aumentado 6 reais na obra, mas sim por nunca ter aumentado. Você já notaram isso? O último aumento da série tinha sido em Abril de 2017, no volume 7 da primeira fase quando passou de R$ 12,90 para 13,90.  Tivemos então 8 volumes da primeira fase e mais 8 da segunda até vermos um novo aumento, galera, isso são 16 volumes sem reajuste. Para uma série bimestral, 16 significa 32 meses, quase incríveis 3 anos de publicação. Precisava mesmo ter segurado o aumento por tanto tempo? Agora pensem comigo, e se tivesse aumentado 1 ou 2 reais a cada ano? Não teria sido muito melhor do que simplesmente largar um aumento acumulativo desses?

E ai entra uma critica aos leitores também, pois vocês percebem como a reclamação de vocês as vezes é prejudicial? Conseguem enxergar o quanto a editora “segurar aumentos” ao longo dos 3 anos hoje está sendo uma bomba? Será que todo aquele chilique por 1 ou 2 reais em 2017 valia mesmo a pena? Vocês precisam entender que tudo aumenta, então é muito melhor que seja gradual do que acumulativo. “Ah, mas ela manteve por tanto tempo” não manteve amigo, ela apenas foi acumulando e agora estourou.

Mas voltando as notícias, tivemos outras na Panini. Primeiro com calendário, a editora deu novas previsões de datas para lançamentos.

Em Abril devem vir 3 novas séries: o shoujo Omoi, Omoware, Furi, Furare, e também os seinens Youjo Senki e Perfect Crime.

Em Maio será o lançamento de Golden Kamuy. O que encerra toda a lista da Panini, nos fazendo pensar: será que vem anúncios novos por ai?

Para fechar, deixei o melhor para o final porque é o que dará dor de cabeça.

Saiu o preço e formato de Dragon Ball Ultimate. O mangá será sim lançado no formato kanzenban de 34 volumes, será em capa dura, com tamanho de 15×21 e TODO em papel couchê, o mesmo usado em páginas coloridas de mangás normais. A obra terá periodicidade trimestral.

O preço surpreendeu e será apenas R$ 64,90.

E sim, eu vou dizer apenas mesmo. Ele tem capa dura, ele tem páginas coloridas, ele é maior que a media em medidas e ele é todo em couchê. Apresentando todas essas coisas ele vale o preço.

Entendam de uma vez. Vocês podem sim discutir se precisa de todo esse acabamento e eu vou dar razão para vocês. Precisa de couchê? Não poderia ser Lux Cream? Esse é o debate.

Não dá para dizer que tudo que a obra tem não vale R$ 64,90. O fato é que vale.

Agora, se precisa ou não, ai são outros quinhentos.

Anúncios

6 comentários

  1. E digo mais Haag!

    Assim como CDZ, DB já foi lançado completo por aqui em versões mais econômicas. Dá um pouco de trabalho achar, mas existe e com paciência é possível conseguir, ainda mais agora que tem uma galera que vai se livrar da edição antiga (esses dias mesmo, num grupo de Whath, um cara estava vendendo toda a coleção dele da Conrad, completa, por R$ 200). Essa edição é para o cara “emoldurar”, deixar em destaque na estante, é quase um enfeite. Vai durar pra vida toda.

    Esse tipo de acabamento não é pro nerd chato que não quer pagar R$ 19,90 em TG.

  2. Acabo de comentar e vou dar uma olhada no BBM e olho o que encontro sobre Uzumaki:

    Não. “Uzumaki” não foi lançado por R$ 94,00 por causa da Amazon. O que acontece é que a Devir lançou esse mangá pensando em um número mais limitado de clientes e não aquela massa que compra mangás baratos.

    Não preciso nem continuar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s