Comentando o Volume #89 – Fullmetal Alchemist vol. 03

fullmetal_alchemist_esp_a03_1472840608589793sk1472840608b

Quarta chegando e com ela mais um CoV de Fullmetal Alchemist, dessa vez com o terceiro volume da coleção.

Algo que vem me chamando atenção nessa experiência de ler pela primeira vez e a forma como tudo vem se desenvolvendo de modo simples e normal, mas ao mesmo tempo de forma séria e reflexiva. A autora vai mesclando piadas e cenas cotidianas como reviravoltas e cenas impactantes. O que parecia ser um volume normal, se tornou algo pesado e com uns três ou quatro momentos chaves para a história.

O volume começou como uma num rumo básico para explicar um pouco o passado dos irmãos enquanto eles buscavam recuperar o braço de Ed, porém já sabemos como o passado deles é tenso, por esse motivos vemos cenas realmente interessantes em meio a narrativa, como a cena em que Al aparece segurando o Ed ferido. É o tipo de cena que impacta no leitor, que aparece pesada no meio de uma tranquilidade.

Logo depois vemos outro momento “duplo”. O que começa com uma piada bem bobinha sobre a garota que consegue lembrar de tudo que lê, de uma hora pra outra vira para um drama sério quando os irmãos descobrem o ingrediente principal para a Pedra Filosofal. Novamente a mudança vem tão sutil que nem percebemos, ela simplesmente está ali e tudo mudou, todo o clima passou de comédia para tensão em questão de dois ou três quadrinhos.

Sentimos ali o peso que os dois irmãos carregam e o quão distante, talvez impossível, é o sonho deles de recuperar seus corpos. A cena em que ambos estão no quarto pensativos é forte, principalmente se pensarmos que Al pode ter que viver sua vida dentro da armadura.

E mais uma vez a autora nos desarma mudando completamente o tom da obra ao colocar o Armstrong destruindo a porta do quarto e nos obrigando a dar uma risada em meio a tanta tensão.

Eu não vou continuar comentando página por página, acho que apenas com esses exemplos eu já consegui explicar essa minha ideia sobre essas mudanças que a autora consegue colocar na história de forma sutil. Eu gosto muito quando isso acontece de maneira tão natural que nem sentimos, pois ajuda a prender nossa atenção na obra.

Eu não sei vocês, mas estou amando essa coleção. Eu já tinha assistido ao anime de FMA, e embora eu tivesse achado bom, ainda não pensava ser tão incrível como diziam. Mas agora lendo, realmente vai fazendo sentido o motivo dele ser tão amado.

Faltam 24 volumes, exatos 2 anos até o fim de Fullmetal.

E ter assinado esse título é sem dúvida a melhor coisa que fiz.

Novidades do Mercado #61

Algumas noticias rápidas e vazamentos que rolaram.

planetmanga

Editora Panini

A Beth fez alguns posts misteriosos semana passada, num deles afirmou que enfim teremos novidades sobre Slam Dunk e em outro deu a entender que podemos ter um grande anúncio em breve (ou seria apenas o kanzenban de SD?). O fato é que essa(s) suposta(s) novidade(s) acabou ficando apenas para essa semana, provavelmente para o vídeo semanal da editora.

Em compensação, “vazou” o preço de Bestiarius! pela LigaHQ. Segundo a loja, o mangá deverá custar R$ 15,90, o que já nos dá a noção do formato. Lembrando, isso não é oficial ainda, normalmente a loja acerta, mas também já tivemos casos em que mudou. Certo mesmo é a data que a editora já confirmou: novembro.

jbc-20-anos

Editora JBC

Talvez finalmente arrumando a casa ou apenas cansada de ver a Panini mandar no mercado, a JBC parece que decidiu “acordar” um pouco.

Akira e Ghost in The Shell já estão sendo trabalhados. Eles mostraram como GiTS tem texto pra caramba, e como já estão mexendo na capa de Akira. A editora planeja lançar ao menos um deles esse ano ainda, e na minha opinião, eles poderiam focar em Akira e deixar GiTS para 2017 e aproveitar o filme.

Outra novidade é que a editora liberou o PayPal para os planos de assinatura, mas não fala nada se terá mais opções de parcelamento ou juros.

Por fim, prometeram uma novidade essa semana e perguntaram se o pessoal quer dicas, o que me leva a crer que possa ser o anuncio de algum grande título, já que o Cassius disse que conseguiram uma coisa que eles queriam a muito tempo.

Eu gostaria muito que fosse algo para o Henshin Drive. Quem sabe um “mega” título que seria impossível no modo físico e que foi liberado para o digital?

Editora_Abril-logo-D63B707335-seeklogo.com

Editora Abril

Essa semana veio uma noticia “ruim”.

Respondendo um comentário no Facebook, a editora disse que não planeja lançar mais os mangás da Disney, ficando apenas Kingdom Hearts que será finalizado.

Segundo ela, o motivo é que as obras baseadas em filmes “não tiveram boas vendas”. Provavelmente culpa dos consumidores mimados que não compraram mangás feitos nas coxas e com onomatopeias ao contrário, a editora não tem culpa nenhuma nisso.

Astral

Editora Alto Astral

Meu professor de economia na faculdade sempre dizia “Em momentos de crise, o negócio é inovar“.

E aparentemente a Alto Astral fez isso e se deu bem, descobrindo um nicho do mercado que não estava sendo explorado de forma decente por nenhuma editora: os mangás hentais. Essa semana tivemos mais dois títulos do formato chegando ao catálogo da editora: Lábios Molhados (dois volumes) e Laços Proibidos (volume único).

Com isso, dos últimos 4 lançamentos da editora, 3 são hentais propriamente ditos e um é bem voltado ao erótico. Será que a editora achou o seu espaço ao sol finalmente? (só podiam melhorar um pouco mais a qualidade).

Novidades do Mercado #37

Uma semana fraca se passou, então vamos as poucas novidades que rolaram:

NewPop_Editora_logo

Editora NewPOP

A NewPOP liberou os planos de assinaturas de alguns dos seus títulos: Fate/Zero, Usagi Drop, Alice Hearts, Kazumi Magica e Corpse Party: Another Child.

Todas possuem duas opções: completa ou a partir de onde está nas lojas. Além de terem 10% de desconto e frete grátis, ainda é possível parcelar elas em até 2x sem juros.

Aqui entra a única coisa que não gostei, 2x é pouco, ainda mais para planos que passam de R$ 100,00 e comprar mais de uma assinatura não adianta de nada, pois os juros continuam se passar de apenas duas vezes. Honestamente, ao menos para mim continua valendo mais a pena comprar na Jambô ou assinar na Lumina.

Quem quiser conferir os planos é só clicar aqui.

Outro ponto interessante é que indiretamente a editora confirmou seu próximo título a sair: Corpse Party: Another Child. O série em 3 volumes deve chegar em breve já que a assinatura foi liberada já.

Em compensação, a novel de Log Horizon que estava prevista para fevereiro não teve plano de assinatura liberado. Será que vai atrasar mais o lançamento? Ou a editora optou por não liberar assinatura de obras ainda em publicação no Japão, como aconteceu com No Game No Life?

jbc-20-anos

Editora JBC

A editora fez essa semana um Henshin Online que realmente mostra que os vídeos estão virando puramente “obrigação”, pois não falaram nada sobre seus títulos em publicação ou os anunciados antes.samurai-7bbb

A única coisa foi o título prometido (lembram, um título por semana até o Henshin+): Samurai 7. A obra em dois volumes é adaptação do filme Sete Samurais de 1954, que fez muito sucesso e rendeu várias adaptações fora do Japão, a mas recente vai estrear em setembro nos cinemas,

E foi só isso que rolou essa semana, segundo a JBC, seus anúncios vão ser em ordem crescente, tivemos Nigeru Otoko com 1 volume, agora Samurai 7 com 2. Será que o dessa semana vai ter 3 ou iremos saltar para outro número? Façam suas apostas.

Coleção #10 – Assinaturas pt. 1

planetmanga

Buenas pessoal, hoje vou trazer mais um daqueles posts sobre as minhas experiências com a minha coleção. Já me questionaram algumas vezes sobre minhas assinaturas e eu disse que estava planejando fazer um post sobre isso, e bom, aqui está ele.

Vou dividir em duas partes: hoje falando das minhas experiências com a Panini e mais pra frente sobre a JBC. Até pensei em fazer tudo junto, mas eu já fiz tanta assinatura da JBC e tenho tanto pra falar da Panini que seria um posto longo demais. Eu sei que parece que eu sou “hater” da Panini, mas acho que hoje vocês vão entender.

ATAQUE_DOS_TITAS_A1_1381693980BEntão vamos lá.

Já tive 3 assinaturas da Panini e agora jurei pra mim mesmo que nunca mais irei assinar nada deles, chegou ao limite. Porém vou ter que falar delas individualmente, pois tive problemas com todas.

A primeira foi Ataque dos Titãs, a assinatura era do volume 1 até o 6. Como o preço estava bom, eu fiz duas assinaturas, pra mim e para minha irmã. Porém o sistema da Panini detectou meus pedidos como um “bug” já que era o mesmo cartão de crédito e mesmo nome do assinante, só mudava o endereço de entrega, então eles simplesmente cancelaram um dos pedidos. Eu só descobri esse “erro” quando percebi que já fazia 2 meses e nada da minha edição chegar, enquanto a da minha irmã já estava recebendo o segundo volume.

Ok, eu entendi o ponto da Panini de querer evitar uma cobrança indevida ao cliente e eles resolveram rápido, ainda ganhei um volume a mais de brinde, indo até o 7 então. Porém, quando você faz a compra, tem que cadastras número de telefone e e-mail, então não custava nada a editora entrar em contato com o cliente para verificar se era realmente um erro ou se ele fez duas compras mesmo, evitaria toda a confusão.ASSASSINATION_CLASSROOM_A1_1404164124B

Como comentei, foi um erro bobinho e fácil de resolver, olhando por outro ponto, a Panini estava me protegendo de um gasto equivocado. E como as entregas foram tranquilas, resolvi fazer ano passado a assinatura de outro título, o tão falado “Pacote Kuroko no Basket + Assassination Classroom”.

Gente, eu precisei ir no Procon contra a Panini, e não apenas eu, vi tanto no Facebook e em sites como o Reclame Aqui muitas pessoas com o mesmo problema. A demanda de assinaturas foi tanta que a Panini não deu conta, e sabem o que eles fizeram? Nada.

A assinatura de Kuroko + Assassination era de 18 volumes, com 12 volumes mensais de Kuroko e 6 bimestrais do Assassination, começando ambos no volume 2 (ou seja, Kuroko terminaria no 13 e Assassination no 7). Só que não aconteceu isso, chegou o primeiro mês e o mangá não foi entregue, no segundo também não. No terceiro mês eles entregaram o volume do mês, e não os atrasados.

Eu só fui ter minha coleção normalizada 6 meses depois do lançamento. Durante todo esse tempo foram brigas quase que diárias por telefone, diversos números de protocolos e que só se resolveu quando eu precisei ir no Procon. Mas vocês acham que isso resolveu o problema? Claro que não, NENHUM dos meus volumes chegou no prazo, eles sempre atrasavam e eu precisava solicitar reenvio do volume, e nesse reenvio vão mais 1 ou 2 semanas ainda.
KUROKO_NO_BASKET_VOLUME_1_1404163997B
Por fim a editora me “presenteou” com mais dois meses de assinatura grátis pelo “inconveniente”, e com isso meu plano terminou no volume 15 de Kuroko e 8 de Assassination, e assim como em Ataque dos Titãs eu não renovei.

Mas eu sou brasileiro e não desisto nunca, resolvi dar uma última chance para a Panini e esse ano assinei Naruto Gold. Esse é mais recente, vocês devem estar a par de que já não começou bem nem para as bancas, imagina então para assinantes.

O volume 1 teve aquele problema que todos sabem da gráfica, porém eu só fui receber o meu no começo de setembro (ele seria julho), mas pelo menos eles me deram mais um mês de assinatura grátis (engraçado como isso parece rotina neles né?). Já no volume 2, que supostamente não iria ter problemas, a edição deveria ter chegado 1/10, mas que teve o mesmo atraso que já era comum no pacote Kuroko e acabou chegando apenas dia 14/10.

Porém a gota d’água veio nas últimas semanas. Minha edição 3 deveria ter chegado até dia 3/11, mas não chegou, dia 5 eu liguei e o atendente me disse que como os feriados do Hallowen e de Finados caíram juntos esse ano, poderia ter um atraso a mais nos Correios. Eu juro, ele falou isso.

Mas ok, eu esperei até segunda agora e liguei novamente, e me disseram que era melhor eu procurar nas bancas, pois o estoque estava esgotado e eles não iriam me entregar a edição 3. Simples assim, até me enviaram esse e-mail abaixo confirmando que eu não iria receber a edição e que “recomendavam” que eu comprasse avulsa.

panini

E aqui entra outro ponto da Panini, o atendimento é horrível. Facebook e Twitter da “Assine Panini” só te respondem com mensagens prontas mandando ligar para o SAC, enquanto no SAC eles não sabem o que estão fazendo. É sério, conheço pessoas que receberam ligação da Panini mês passado oferecendo a renovação de Dragon Ball, que terminou. Ou seja, é o mesmo que nada.

Resumindo esse post longo, minhas experiências de assinatura da Panini só não são piores que a distribuição da editora. O que é irônico, pois no AF vimos a Beth falar que os planos de assinatura poderia ser o “futuro” dos mangás e em compensação vemos esse trabalho porco da Panini.NARUTO_GOLD_A1_1436815961303761SK1436815961B

Eu, sinceramente, nunca mais vou assinar nada da editora e recomendo que ninguém faça, é mais fácil e menos “irritante” esperar chegar na banca ou comprar online na Jambo ou LigaHq que tem bons planos de desconto.

Porém eu sou “hater” da Panini, então sugiro que pesquisem a história da editora em sites como o Reclame Aqui ou até mesmo nos perfis da Assine Panini, tem vários clientes com os mesmos problemas que eu.