Review #115 – Ore Monogatari!!

Continuar lendo

Anúncios

Novidades do Mercado #08 – Especial Eventos

Buenas, segundo final de semana passou e com ele uma chuva de títulos novos (não essa chuva que já dura uma semana aqui no RS).

Primeiro os anúncios e depois darei uma pequena opinião sobre o que achei de tudo isso.

jbc-20-anos

Editora JBC

A JBC parece finalmente ter colocado o pé no freio e diminuiu a sua quantidade de anúncios (na verdade, acho que aquele exagero de anúncios era só pra bater os 20 antes do aniversário).

Ultraman_2011Foram dois anúncios esse final de semana, um no Fest Comix sábado, e um no final do AF domingo.

Sábado foi Ultraman, uma adaptação em mangá do famoso herói japonês que brilhou até mesmo na televisão brasileira. O traço é mais “sério” do que o herói que conhecemos da década de 60, por isso algumas pessoas talvez não reconheçam a primeira vista. A obra ainda está em publicação no Japão e conta atualmente com 6 volumes.
orange-1-akata
No domingo, já na rabeira do AF, Cassius surpreendeu (ou não, pois era esperado, embora mais pra frente) e anunciou o shoujo/seinen Orange. A obra conta a história de uma garota que recebe uma carta dela mesma, mas de dez anos no futuro. Nessa carta está escrito que ela possui muitos arrependimentos e que precisa evitar que tudo se repita. A série está em publicação no Japão com 4 volumes, porém já foi avisado que o 5º será o final, então podemos “considerar” como completa em 5 volumes. 😛

NewPop_Editora_logo

Editora NewPOP

Talvez para mim uma das palestras mais interessantes. A NewPOP se mostrou bem pé no chão, almeja sim ser grande, mas não vai fazer nenhum absurdo para alcançar isso por enquanto. Sobre os anúncios, 3 obras foram divulgadas.
230px-CafeKichijojide_vol1_Cover
O primeiro é Café Kichijoji de, um mangá de 3 volumes que conta a história de um grupo de cinco rapazes que trabalham em um café. É aquele tipo de obra com personagens masculinos que mais parecem garotas e que pelo visto vem dando certo para a NewPOP (não conheço, então não posso afirmar se ele tem uma temática gay como Croquis, ou se é apenas personagens masculinos afeminados).Untitled-1

Se em “Café Kichijoji de” fica a dúvida sobre a temática da série, no segundo anúncio não. É a obra em volume único Kamisama Onegai. A obra conta a história de um garoto que pede em um templo para que seu namorado nunca canse dele, só que no outro dia ele acorda com orelhas de gatinho em sua cabeça. Não é o tipo de mangá que eu compro, mas honestamente, gosto de ver essa diversidade de temáticas no mercado.

FateZeroV1O melhor é sempre no final, e a NewPOP trouxe o que eu queria: as novels de Fate/Zero. A série é famosa pela sua franquia de animes. Zero conta os fatos que ocorrem na quinta gerra do Santo Graal e se passa dez anos antes de Stay Night (que coincidentemente teve o mangá anunciado na Panini, leia abaixo). No Japão a série teve 4 volumes ao todo, porém a NewPOP já avisou que essa é uma versão com mais páginas do que terá a brasileira. A edição que chegará as nossas lojas vai ter então 6 volumes ao todo.

planetmanga

Editora Panini

E a Panini quebrou o cofrinho. Foram 9 títulos anunciados nesse final de semana.
1050295-gf
O primeiro era o mais óbvio de todos: One Piece Yellow. O terceiro databook da série já era esperado, só faltava mesmo a série mensal terminar o arco de Enies Lobby, o que deve acontecer em outubro (volume 45). Como Red e Blue já tinham sido lançados, era certo que Yellow viria, da mesma forma que Green é aguardado para começo de 2017 (quando terminar Marineford na edição mensal).
SwordArt_FairyDance_manga1
Depois veio outro anúncio esperado e curioso, Sword Art Online: Fairy Dance. Essa etapa da série conta a aventura de Kirito em busca de Asuna no jogo ALfheim, e possui ao todo 3 volumes. Quando Aincrad foi anunciado, a Panini avisou que a vinda dos outros dependeria das vendas. Quase um ano depois, vem agora a segunda fase da série e com o aviso que dependendo das vendas, as novels podem pintar por aqui. Será que em 2016 teremos SAO Novel finalmente?

Agora começam as reais novidades.
B-txqCnWwAA405f
The Testament of Sister New Devil é uma aposta da editora para os público dos mangás apelativos. Posso ser “cruel” na analise, mas para mim é um mangá inútil. Ele conta a história de um garoto comum (vulgo virgem) que acaba se transformando em um mestre de suas meio-irmãs que são, adivinhem, demônios. Vocês acham que já viram? É claro que sim, Highschool DxD é quase a mesma coisa. Ou seja, é um mangá com muito ecchi. Ele está em publicação no Japão e conta atualmente com 5 volumes.
Fate-stay-night-pika-1
Agora parem tudo, como eu disse na parte da NewPOP, a Panini anunciou o mangá de Fate/Stay Night. Se em Zero é contada a história da quinta guerra pelo Graal, em Stay Night é contada a história da sexta guerra. A obra se passa dez anos após e, embora faça algumas referências, não é necessário ler Zero para conseguir entender (mas eu recomendo comprar ambas :P). Ao todo Fate/Stay Night conta com 20 volumes e provavelmente será mensal.

No domingo a editora não parou e anunciou mais 5 séries novas.
439363
Pra começar o dia, foi a vez de novamente a Panini atender aos pedidos da campanha #MaisShoujosBrasil e anunciar a vinda de Lovely Complex (talvez um dos shoujos mais pedidos nos últimos anos). A série conta a história de dois amigos opostos, ela é alta demais para uma garota, e ele baixo demais para um garoto. Um dia eles decidem apostar quem arranja um namorado (a) antes, porém aos poucos percebem que talvez esse amor esteja mais na cara do que eles enxergam. A série tem ao todo 17 volumes e será bimestral, possivelmente se intercalando com Aoharaido nas bancas.51-ryRXAflL._SY344_BO1,204,203,200_

O próximo é o volume único Rust Blaster, escrito pela mesma autora de Black Butler, e que conta a história de uma escola para humanos e vampiros, girando em torno de dois garotos (um humano e o outro vampiro) e como esse encontro pode mudar o destino de ambos.
Arakawa_Under_the_Bridge_Vol_01_Cover
Logo depois veio uma boa surpresa, Arakawa Under The Bridge. Uma comédia nonsense em que um jovem começa a morar debaixo de uma ponte com uma garota que diz ser de Vênus, com o passar do tempo, outros personagens bizarros se juntam a eles. A série foi finalizada esse mês no Japão com um total de 15 volumes.

Para fechar o fim de semana com chave de ouro, os últimos dois anúncios figuravam na lista de mais pedidos da Panini.PandoraHeartsVol1

O aclamado Pandora Hearts, bem famoso por causa de seu anime em 2009, é uma das maiores apostas da Panini para esse ano. A série está completa com 24 volumes, e possivelmente venha como mensal (afinal, só isso já seria 2 anos de publicação).

Akame_ga_Kill_volume_1_coverE encerrando bem, Akame Ga Kill foi o último anúncio. Outra obra que teve um sucesso grande graças ao anime, AGK era talvez o segundo mais pedido (atrás apenas de Tokyo Ghoul) no face da editora. Era um mangá já esperado, talvez de todos os anúncios, era provavelmente o que se mais tinha certeza que estava próximo. A série ainda está em publicação no Japão e conta atualmente com 12 volumes. É uma ótima obra para quem não curte muito “protagonismo exagerado” e boas mortes surpresas.

Considerações Finais

Bom, o post da longo, mas eu queria fazer uma analise pessoal antes de encerrar.

A JBC passou a impressão de que se deu conta do que fez ao saturar o mercado. Poucos anúncios e alguns deles não tiveram a confirmação de que saem ainda em 2015. Possivelmente o baque com a “crise do papel” impactou nas vendas, bem como o exagero nos lançamentos. Isso era meio esperado, acho que só eles não tinham notado.

A NewPOP manteve sua pegada sem grandes abusos. Ela achou um publico fiel nos mangás alternativos e isso até me deixa feliz, não são meus tipos de mangás (embora eu compraria Nozoki Ana), mas acho que é importante para a evolução do mercado essa diversificação.

A Panini me decepcionou um pouco. Gostei muito dos títulos, comprarei vários, porém eu esperava algo mais da Panini, ainda mais quando a Beth prometeu uma “bomba atômica”. Acho que pra eles, Pandora, Akame e Lovecom são “bombas”, e até seriam ano passado, mas 2015 já deu um passo maior graças a JBC e seus GiTS e Akira, então o conceito de “bomba atômica” mudou um pouco por aqui.

Mas fiquei feliz, pela primeira vez uma editora admitiu que sim, Jojo é uma possibilidade. O sonho ainda existe.

Comentando o Volume #05 – Aoharaido vol. 02

AOHARAIDO_A02_1431085955189963SK1431085955B

Dando prosseguimento a nossa “semana da doçura”, hoje a Comentando o Volume também vai trazer um shoujo, talvez o mais título mais pedido em 2014.

Quem lê mangás e acompanha todos os tipos de demografia sabe que shoujo é um modelo meio complicado, ainda mais um shoujo “normal”, sem poderes e lutinhas como o caso de Sailor Moon. Aoharaido é esse modelo de mangá, contando uma vida cotidiana pelo ponto de vista da protagonista.

Se no primeiro volume tivemos mais apresentação, nesse segundo a história começa a deslanchar. Vemos se formar o que parece ser o grupo principal da trama, cada um por seus próprios motivos egoístas, mas todos de certa forma girando em torno da personagem principal. Também podemos começar a sentir o esqueleto da história se montando, de onde podem surgir os triângulos amorosos e quais podem ser os conflitos.

Os personagens de Aoharaido vão se mostrando cada vez mais cativantes. É impossível não se identificar com algum deles (minha namorada insiste que eu me pareço com o Kou –‘) ou rir das ótimas piadas, nesse volume, destaque para a piadinha do “pode dormir que eu cuido”.

Aos poucos é possível notar a evolução da protagonista, que durante o primeiro volume vivia com suas dúvidas e medos, nesse segundo já começa a mostrar quem realmente é, buscando realmente fazer o que quer, sem ter medo.

O mangá é gostoso de ler, divertido e leve, um ótimo passatempo e até mesmo uma forma de sair um pouco da rotina dos mangás “lutinhas eternas” que temos aqui no Brasil.

Sobre a qualidade, é um mangá Panini, então vocês já sabem que não podem esperar muita coisa. Eu senti uma leve melhorada nesse volume 2, o meu primeiro veio ameaçando soltar as folhas das pontas, mas esse já se mostrou um pouco mais firme. O papel é aquele fino de sempre, mas como o traço do shoujo não é tão carregado quanto o do shonnen, isso evita aquele velho problema das “páginas transparentes”.

Aoharaido é bimestral, seu volume 2 é referente ao mês de Maio, então o 3 deve chegar nas bancas final de julho. A Panini reimprimiu o volume 1 mês passado, então ainda é possível comprar ele em algumas lojas online pelo preço certo, R$ 12,90. É sem dúvidas uma coleção para se ter na estante.

Agora um PS rápido: nessas próximas semanas, a coluna Comentando o Volume vai ganhar dois posts por semana, com o segundo post saindo nos sábados ou domingos. Inicialmente vai ser um teste, mas provavelmente vire definitivo. Espero que gostem e continuem acompanhando o blog.